Empresas destroem malware que afetava milhões de sistemas

Investigadores de segurança da ESET, com ajuda da Microsoft e agências de segurança, como FBI, Interpol e Europol, desmantelaram uma operação de botnet conhecida como Gamarue, que já infectou milhões de vítimas desde 2011.

O trabalho, que começou no dia 29 de novembro, possibilitou que agências policiais de todo o mundo pudessem deter e interromper a atividade maliciosa que infecta mais de 1,1 milhões de sistemas por mês. Na América Latina, Peru e México estão entre os cinco países com maior quantidade de detecções.